Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Second Birthday tickers
Quarta-feira, 8 de Agosto de 2012

8 do 8 a partir daqui nunca mais nada foi como era antes

Este podia ter sido como outro qualquer... se podia, até devia... Mas não foi!

 

Segunda-feira, dia de trabalho, dia quente de calor, a blusa presa apenas no pescoço deixa os braços descobertos, esconde a pouca barriguinha que eu já sentia fervilhar, tinha lá um filho, poucos sabiam desse filho, só os mais chegados, mais nada, ainda era tão cedo, queria-a minha por mais alguns tempos, os tempos que a barriguinha não crescia mais e não denunciava um filho crescer dentro de nós...

 

Uma pequena comichão aqui e ali, normal julguei, trabalhei o dia todo num escritório sem ar condicionado, estava transpirada, sedenta de um banho fresco naquela segunda-feira que poderia ser como outra qualquer... Ainda no carro a caminho de casa, o sol batia no braço, novamente a comichão, vou lá com as unhas, um pequeno alto, eu olho, uma borbulha, eu coço, rebenta e deixa escapar uma aguadilha estranha... Até acertar no que era foi segundos... lembrei-me da festa de anos que fui à uma semana e pouco atrás, do menino com varicela, não pode ser... será??? NÃO POR FAVOR... Chego a casa assustada, nervosa, ansiosa, olho o meu corpo tapado pela roupa, eram muitas... tantas... Ligo desesperada á minha mãe, "tive varicela mãe??" do outro lado só consigo ouvir a pior noticia que a minha mãe me poderia dar, da boca dela ouço "não filha!"

 

Temi pelo meu sonho, chorei, rezei... em alguns dos segundos desisti de mim, dela, de nós todos como família... Iria eu sentir a dor de perder um filho que não conheci sequer???

 

Naquela confusão mental e emocional, ligo ao meu médico "é tudo ou nada! corre tudo bem e sem mazelas, ou corre tudo mal e perdes o bebe!"

Vou ao hospital confirmar... e nem vale a pena, as horas passam e eu cada vez fico mais marcada, no dia seguinte pareço um bicho e eu só consigo negar o meu corpo incapaz de a proteger...

 

Nos dias que se sucedem, a dor no coração, a confusão na cabeça e o desconforto no corpo só me deixam gritar, chorar, negar-me... é horrível o desconforto que se sente ainda para mais quando o coração não nos pode ajudar!

 

A partir daqui vivo a minha gravidez escondida, com medo do futuro, ansiosa e noutros dias crente e cheia de fé, e é no deambular destas emoções que sei que espero uma menina, decido encostada na parede que ladeia a porta onde fiz a eco e com as lágrimas nos olhos, que vou lutar por este sonho, é ali que a esperança renasce, é ali que prometo as minhas forças na fé, faço promessas que irei cumprir, é ali que renasço e começo a viver devagar, muito devagar começo a acreditar no tudo, tudo bem, e deixo para o lado o nada...

 

Hoje tenho a minha filha bela, saudável, amada e protegida nos meus braços, sou tão feliz com ela, mas este dia aviva-me o medo... Fecho-lhe a porta devagar, com educação, peço-lhe desculpa, digo-lhe que não me pode roubar o sonho, ele parte, e eu fico com ela, ela a minha filha, filha de um milagre... AMO-TE PEQUENA BEATRIZ!

Pela mamã Katya às 11:40
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | favorito
|
2 comentários:
De Anouska&Papouskos a 19 de Agosto de 2012 às 21:07
Bolas!!! que valente susto!!! :/
Ainda bem que correu tudo bem e que a Bia é uma guerreira como a Mae e começou a ganhar batalhas desde sempre!! :)

beijinhos nossos
De Mamã Gansa a 26 de Agosto de 2012 às 00:22
Ainda bem que lutaste, que bom que a Beatriz é uma menina linda e saudável e esperemos que assim continue.Não imagino a tua ansiedade e sofrimento,mas o que interessa é que essa luta foi vencida.Venceu a vida.
Mas por causa dessas e doutras não entrou cá ninguém quando a Bà teve varicela. Reparei numa coisa engraçada ,além da Beatriz ter nascido no mesmo dia da Bárbara( com uns anitos de diferença ;) ), de termos as duas ficado com um casalinho, os nossos filhos casam idades neste mê tens um menino com cinco anos e uma menina com 5 meses, no meu caso a Bá tem 7anos e o Gonçalo tem 7 meses. Um beijo grande para vocês.

Comentar post

Fábio & Beatriz

pesquisar

 

Castelos recentes

Mãe de menino

Eternamente meu...

O dia antes do nascimento...

O teu Batizado e Primeiro...

Promessa cumprida

6 meses depois

Primeiro dia berçario da ...

8 do 8 a partir daqui nun...

Aqui já se dorme fora de ...

Filhos

Quantos no castelo?

Por onde pousamos

Castelos antigos

Novembro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

blogs SAPO

subscrever feeds