Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Second Birthday tickers
Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011

Quem ama cuida

Quando se ama cuida-se, e com um filho esta constante repete-se continuamente por toda uma vida, seja em dias ditos normais com gestos básicos e simples, gestos de carinho, de ternura, sejam em dias mais delicados quando mais precisam, por motivos de doença, os gestos básicos, acarinhar, medir a febre, limpar o nariz, trazer comidinha e água, aconchegar, enfim, todos sabemos...

 

Mas o bonito deste amor dado em troca de nada é sentir que para alem de uma oferta foi um ensinamento, e nunca foi tão real a frase "os filhos são o espelho dos pais!" e assim sendo ontem o meu filho mostrou que a educação dele e a imagem que tem de nós pais é numa palavra AMOR.

 

O Fábio em 3 anos nunca me viu doente, doente mesmo, de cair na cama, de rogar por algo que me acalma-se a dor, que me baixa-se a febre e todo o mal estar associado, percebi dentro do carro através dos movimentos dos lábios do pai quando o foi buscar à escola que lhe disse que eu estava doente, o Fábio olhou logo para dentro do carro para mim, e caiu na carinha dele uma tristeza, entrou no carro sem dizer palavra, as dores e o mal estar eram tais que nem eu consegui proferir uma palavra, queria apenas fechar um pouco os olhos e pousar o corpo dorido... Fomos assim calados até casa, cheguei e fui para o sofá... O Fábio muito preocupado vem ter comigo e pergunta-me "qués o meu cubetoi?" acenei que sim, ele foi buscar e aconchegou-me, deu-me festas na cara, beijos na testa e dizia baixinho "pontus já vai paxar!" sei que adormeci por poucos minutos com ele ao meu lado e quando acordei ele estava ali na mesma posição, tortinho ao meu lado a olhar por mim... Quando se apercebeu que abri os olhos, dá-me um sorriso rasgado, lindo enorme, toca-me a testa e anuncia-me febre, depressa foi buscar o "tomomotro", pelo caminho deve ter mudado de ideias e trouxe um metro mais ou menos de papel higiénico que me encosta ao nariz o aperta e diz "funga" (obrigado pai por ensinares o menino a "fungar" hiper moderno)... Lá lhe expliquei que era a garganta que me doía, então lá dava festas na garganta...

 

Tudo seria perfeito, memorável se a história acaba-se aqui, do nada sem ninguém perceber, o Fábio começa a chorar muito MUITO MESMO desesperado que lhe dói a cabeça, lá vem a ama-seca (pai da malta) analisar o seu segundo doente, deu-lhe ben-u-ron, pode não fazer nada, mas pelo menos mal não faz, e ele continua a berrar e a encostar a cabeça toda para o lado esquerdo, isto por mais de 10 minutos, o desespero foi tal que a decisão foi "pelo sim pelo não vamos ao pediatra!" e lá me levantei com um esforço surreal, resultado após uns 45 minutos na sala de espera com ele a dizer já não me dói nada... OTITE...

 

Vem assim o Pai NaniNinja para casa com um balanço agradável em apenas um dia, 2 clínicas, 1 hospital (tentativa abortada mal se chegou lá, e era privado), e 2 farmácias, 2 doentes, 1 noite mal dormida... 1 dia de férias gozado no sofá a "ganir" arre porra... ODEIO ABELHINHAS...

 

 

 

Pela mamã Katya às 18:59
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | Já disseram ao Fábio & Beatriz (2) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2011

Tubarões na sanita :)

Nesta casa por vezes é muito dificil perceber quem é o pior... Se não vejamos:

 

O Sr. Fábio quando vai à "cásdebanho" leva hoooooras (deve ser de família) mas hoje eu fui demasiado longe :)))

 

Mãe: "Oh Fábio, despacha-te lá!!"

Fábio. "Faltam assim 5minutos..."

Mãe: "Olha, tu começa a ter cuidado, sabias que a sanita tem um tubarão que se a pessoa demora muito morde o rabo!!!"

Fábio:"Já acabei MÃEEEEE, uimpa, gápido!" enquanto saltava da sanita e olhava lá para dentro....

 

MÃE ÉS DO PIOR.... PIOR QUE O FILHO....

 

 

Pela mamã Katya às 18:48
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | Já disseram ao Fábio & Beatriz (3) | favorito
|

Crescer

Mãe eu já sou GAAAANDE quase chego ao tecto!

 

E vejo o meu bebe pequenino, aquele que vi nascer, a falar a deambular pela casa, muito senhor de si, vejo o tempo a fugir pelos dedos, mas vejo também a enorme alegria de saber que não deixei, não permiti que me roubassem um segundo que fosse desde crescimento dele, estive ao lado dele na hora do banho, do sono, de comer, sempre ao lado dele quando está doente, sempre a pular com ele quando estamos a brincar, gritamos juntos, rebolamos juntos, cantamos juntos com o objectivo unico, ver qual de nós faz mais feliz o outro...

 

Por isso, e por mais alguma coisa, tinha todo o sentido mudar o rumo deste canto, mudar a imagem para as que ele mais gosta, a música para as músicas que ele passa o dia a cantar, mudar os argumentos deste blog para as diabruras e macacadas dele nesta fase maravilhosa dele, onde consegue descobrir em tudo um brinquedo um sorriso um abraço...

 

 

Pela mamã Katya às 16:37
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | Já disseram ao Fábio & Beatriz (2) | favorito
|

Fábio & Beatriz

pesquisar

 

Castelos recentes

Mãe de menino

Eternamente meu...

O dia antes do nascimento...

O teu Batizado e Primeiro...

Promessa cumprida

6 meses depois

Primeiro dia berçario da ...

8 do 8 a partir daqui nun...

Aqui já se dorme fora de ...

Filhos

Quantos no castelo?

Por onde pousamos

Castelos antigos

Novembro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

blogs SAPO

subscrever feeds