Lilypie Kids Birthday tickers
Lilypie Second Birthday tickers
Sábado, 28 de Janeiro de 2012

Pequena Beatriz 32 semanas

com o carinho maior de quem ama, com a subtileza de quem vive o sonho, estou eu aqui entre laços e bordados rosa, entre gatinhos e passarinhos, entre planos e suspiros, estou eu a imaginar o teu cheiro a tua pele a tua perfeição, o teu sorriso...

 

Sonhei-te uma vida, sonhei-te tantas vezes como inalcançável, desde o primeiro segundo que te soube em mim vi-te como hoje te vejo, nunca acreditei nas minhas imagens, não te quis sonhar assim rosa e depois me enganar, depois veio a tempestade, o dilema das lágrimas e da força, fugi de ti a cada dia mais, o que eu não sabia era que quanto mais eu fugia de ti mais me aproximava de ti, pensei que ao me afastar fosse mais fácil depois lidar com uma suposta perda, até que alguém me disse "ela já está em ti, já existe na tua vida, será sempre tua, aconteça o que acontecer!" e isso é a verdade irrefutável... Abracei-te nesse dia, entreguei-me nesse dia... Depois vi o teu rosto às 12 semanas... Em silêncio decidi lutar por ti fosse de que maneira fosse... Fui buscar forças ao infinito, ao fundo de mim, das entranhas arranquei a esperança perdida e no seu lugar deixei o medo...

 

Medo... Está escondido, mas por vezes lá vem ele agarrar-me o coração, gelar o meu sangue, tirar-me a força, arrancar-me o sonho e deixar a dúvida, fujo dele e ele não deixa, circula à minha volta como uma sombra, enxoto-o para longe, mas nunca para suficientemente longe, e este é o meu segredo guardado, nesses dias tenho de ir buscar lá acima a esperança, deixar lá as lágrimas do medo e trazer a força que só ela me sabe dar, não me basta olhar para lá de longe, tenho de lá ir...

 

Minha Pequena Beatriz, és o amor mais inocente, mais frágil, mais silencioso que tenho em mim, ninguém sabe o quanto te amo Pequena Beatriz... Vem a mim Princesa, trás-me o resto do sonho que está nas tuas mãos...

Pela mamã Katya às 15:23
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | Já disseram ao Fábio & Beatriz (3) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Uma boneca

Hoje sonhei com uma boneca, uma linda boneca, daquelas que não são de trapo, uma bela boneca, perfeita e pequena, cheirosa e doce, de poucos e pequenos cabelos, clarinhos como o sol dourado da manhã quente de verão, sonhei com essa pequena boneca que trazia nos braços e com ela dançava sem som, dançava em voltas com ela no meu regaço, dançei até ela soltar uma gargalhada e eu sorrir de alegria de ter outra vez uma boneca que enfeitar.

Vesti-a de rosa e laços no cabelo claro e raso, dançei novamente com ela, a minha pequena boneca que não era de trapos, era feita de amor, chamei-lhe Beatriz dei-lhe o beijo doce e acordei, sorri e afaguei a barriga, mora lá o meu sonho... Falta pouca pequena Beatriz... Muito pouco!

 

 

Pela mamã Katya às 09:25
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | Já disseram ao Fábio & Beatriz (2) | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Janeiro de 2012

Sou eu assim

Quando a sala fica fria e vazia, quando o mundo lá fora e cá dentro dorme, quando me sento comigo no sofá cheio de brinquedos perdidos, dormentes das risadas dele, quando os afasto e sento o corpo perdido, exausto do trabalho fora e dentro de casa, do estudo, da caminhada que decidi fazer, mas nunca exausto de ser Mãe dele, mas por vezes a precisar de ser eu assim, só minha, ter-me só para mim, para rir comigo, conversar comigo.

 

Fico assim no sofá nú, cheio de nadas, apenas uma música, uma almofada, e eu comigo mesma, as duas assim no nada apenas a divagar sobre o caminho seguido... Serei eu feliz assim?? Serei eu completa quando decido ir para a universidade?? Escolher ocupar as minhas horas que eram dele com isto que desculpo dizendo a meio mundo que me gaba a pedalada que o estou a fazer por ele??? Não é mentira, mas também não é completamente verdade, é por mim, mas também por ele, o meu filho a quem quero mostrar que as capacidades de cada um estão sempre lá, basta procurar, e se não as encontrar, então é de preocupar, alguém ou alguma coisa está a estrangular as suas próprias capacidades! Quero que me siga as pisadas, mas quero que as siga na altura certa, mas quero mais ser eu mesma porque lá completo-me.

 

No outro dia, a professora dele exclama no alto da sua longa experiência que lhe oferece razões de sobra para estar mais que certa a seguinte frase a propósito da falha do Fábio (minha portanto) da receita de Natal, "Eles (filhos) estão sempre primeiro, são o mais importante!", isto depois de ter desculpado a falta com a minha ausência fora do lar para estudar, e acabei por não conseguir chegar a todos os lados... Senti-me um verme pegajoso, repugnante, que raio de Mãe esta!!! Que raio de exclamação idiota que me deixou o dia todo a matutar, a questionar o tipo de Mãe que eu sou, como se fossemos todas tipificadas, rotuladas consoante as criancinhas tenham ou não os trabalhos da pré-primária feitos, se têm as mães são estupidamente prendadas e organizadas, se não têm são mesmo umas desleixadas, e aquelas crianças nunca irão ser nada nesta vida... Após isto e pela minha sanidade mental que se quer válida nos próximos tempos basta-me esquecer, ou melhor ainda, basta-me que mesmo sem a "receita de Natal" o Fábio terá sempre Natal, e sempre terá a Mãe dele desocupada e disposta a rebolar com ele pela relva fora, e ainda a receita, não a escrevo, faço-a com ele em casa no fim-de-semana, ficaremos cheios de farinha até aos cabelos e vamos rir como perdidos, é ou não é muito melhor que escrever uma receita parva???

Pela mamã Katya às 23:38
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | Já disseram ao Fábio & Beatriz (2) | favorito
|
Terça-feira, 3 de Janeiro de 2012

Bem vinda ao 3º trimestre

E por saber ao que vou este "Bem vinda" soa-me irónico...

 

E as maleitas relativas começaram, já com cansaço próprio de quem tem mais 7 kilos em cima, mobilidade e agilidade e genica foram-se sobram os "ais" libertados em tom de protesto, consolo, ou lá o que for... Mas isto dentro das 4 paredes de casa, que fora, abram alas... Porque tem de ser porque não é um raio de um "trimestre" que por ser o último me vai abalar...

Contudo não esquecer de referir que nas noites que a rapariga me deixa durmo como uma pedra, hoje gabo-me que nem à wc fui, não levei golpes nos órgãos internos e só acordei porque o pai da rapariga me diz "não te esqueças de acordar!"

 

E com isto entro numa fase "final" da qual estamos a mais ou menos dois meses e meio de conhecer um mundo rosa, com um filho azul a questionar porque raio a minha barriga agora é a "mana"!! Deixa lá filhinho um dia voltarás a chamar-lhe "tábua de engomar"...

Pela mamã Katya às 10:10
link do post | Digam ao Fábio & Beatriz | Já disseram ao Fábio & Beatriz (2) | favorito
|

Fábio & Beatriz

pesquisar

 

Castelos recentes

Mãe de menino

Eternamente meu...

O dia antes do nascimento...

O teu Batizado e Primeiro...

Promessa cumprida

6 meses depois

Primeiro dia berçario da ...

8 do 8 a partir daqui nun...

Aqui já se dorme fora de ...

Filhos

Quantos no castelo?

Por onde pousamos

Castelos antigos

Novembro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

blogs SAPO

subscrever feeds