Sexta-feira, 2 de Março de 2007

És LINDO meu AMOR...

Existe um amor lindo, existe um amor único, sem igual e incapaz de terminar...

Existe esse amor à 32 semaninhas filho, amor esse que dia para dia cresce mais e mais...

Tantas são as formas de amar, existe o primeiro amor que senti sem saber, o amor pela minha Mãe e pelo meu Pai, amor sem fim sem traições, o amor pelo nosso "primeiro amor" tantas vezes não correspondido outras correspondido, perdido no tempo, mas nunca esquecido, depois o amor pelo homem que hoje é meu marido, amor impossível de controlar, amor que começou de uma enorme amizade, éramos namorados mas a distância fazia de nós mais amigos que namorados, depois quando pensei que não havia mais amor nenhum que me rendesse, apareces-te tu Fábio para me mostrar que no mundo existe um AMOR MAIOR capaz de me fazer desejar o mal a mim em vez de a ti...

Foste desejado, por mim sonhado todas as noites, mas não posso negar que o Pai te desejou mais antes de existires do que eu, sabes filho tu resultas-te de uma distracção minha, e que boa distracção .... Eu devido aos acontecimentos do momento da minha vida queria esperar por te ter, queria decidir outras coisas na vida antes de te ter... Mas tu não quises-te assim... E hoje desejo-te tanto e tanto, mais que ninguém...

Apareces-te na minha vida numa altura em que eu estava no fundo da linha, sem saída, indecisa e desiludida com o rumo da vida... Entretanto tu foste e és a razão do meu sorriso hoje, a razão de me apaixonar e ganhar alguma (não toda) coragem para enfrentar tantas coisas...

 

 

E hoje Fábio mais uma vez fizeste-me sorrir, matei as saudades do teu rosto redondinho, que me deliciou com as tuas gracinhas de abrir e fechar a boquinha, mexer as tuas mãozinhas e enquanto te mexias os meus olhos enchiam-se de lágrimas de emoção, estás tão crescido bebé, às 21 semanas pesavas 400 g mais ou menos, às 25 semanas já tinhas 828 g e hoje com 32 semaninhas já tens 1,740 kg, fiquei tão orgulhosa meu amor, já sabemos que vais ser altinho, tens umas pernocas todas compridinhas!

A Dr.ª analisou cada pormenor do teu corpinho... Incluído o "pormenor " que me atormenta, ou atormentava, deste-me filho uma alegria tão grande saber que a dilatação do teu rim não evolui nada, que ambos estão perfeitamente normais, e que só farás quando nasceres uma eco para despiste que o mais certo é desaparecer na nascença...

Fábio, acredita as lágrimas rolam no meu rosto de alivio... AMO-TE meu filho como nunca pensei amar alguém.... AMO-TE meu amor, e farei tudo filho nesta vida por ti... Dou até a minha vida por ti....

 

 

Pela mamã Katya às 22:48
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Fábio & Beatriz

pesquisar

 

Castelos recentes

Mãe de menino

Eternamente meu...

O dia antes do nascimento...

O teu Batizado e Primeiro...

Promessa cumprida

6 meses depois

Primeiro dia berçario da ...

8 do 8 a partir daqui nun...

Aqui já se dorme fora de ...

Filhos

Por onde pousamos

Castelos antigos

Novembro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

blogs SAPO

subscrever feeds