Sexta-feira, 20 de Abril de 2007

Escrevo hoje para ti Fábio! (isto hoje tá mais pró lamechas!!)

Olá meu amor!

 

Às vezes penso o que será deste "espaço", deste pedaço de memória virtual, de um amor tão real daqui a alguns anos, quando já fores grande, e a tua curiosidade te levar a visitar o blog que um dia foi meu, mas que hoje é tão teu...

 

Qual será a tua expressão ao ler as lamechices da tua Mãe, orgulhosa numa barriga que te alimentou, transportou e que a mim tanto me faz feliz!

Vais rir eu sei... Porque os homens não choram, mas gostava de te ensinar a chorar, não de dor, mas de gratidão e alegria...

 

Faltam dias Fábio para te ter finalmente nos meus braços a chorar, faltam dias amor, para ver os olhos rasos de lágrimas do teu Pai, que vidrou em ti sem te conhecer, faltam dias filhote para teres a tua Avó "Fampara " e o Avô "Albaú" a correr para te vir conhecer com um amor que só eles sabem dar, desculpem-me os outros avós, mas a minha Mãe é e sempre será o mais importante para mim, e voltem-me a desculpar os outros mas é nela que sempre penso, não é egoísmo , é amor... Não apenas por me trazerem ao mundo, mas por serem as pessoas extraordinárias que são, quero-os para lá de tudo ao meu lado sempre!

 

Dentro de mim Fábio, para além de ti mora uma coisa chamada, ansiedade, que todos os dias à mesma hora pensa, não foi hoje, se calhar é amanhã, assim todos os dias penso quando me deito na cama, nem medo tenho das dores que  nunca senti eu tenho, tal é a necessidade de te ver, de te conhecer, cheirar, beijar e amar...

Todos os dias quando tenho assim uma dorzinha mais estranha, fico quietinha, à espera que avance, que me "magoe mesmo" para dizer, "Vais Nascer, é hoje!", mas passa, passa e eu dou por mim a desejar que volte com mais e mais força...

 

Eu sei que aguento, mas muitas vezes dou por mim a pensar que vou explodir de tanta ânsia ...

Já me mentalizei, que terás de sair, mais tarde ou mais cedo, não podes ficar aqui sempre, mas em momentos de total desprovimento de inteligência penso, e se ele não sair nunca?? Ridículo eu sei!!

 

Resta-me Fábio dizer-te que ao faltarem 8 dias para o termo da tua estadia, te desejo um bom resto de estadia, faz as malas com tempo, não te esqueças de nada, pois nunca mais vais cá poder regressar! Ahhh e se estás com medo de sair para este mundo de gente doida, relaxa eu protejo-te e não deixo que te façam nada daquilo que não desejas....

AMO-TE MEU AMOR FÁBIO

 

A Mãe e o Pai

Pela mamã Katya às 12:17
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Fábio & Beatriz

pesquisar

 

Castelos recentes

Mãe de menino

Eternamente meu...

O dia antes do nascimento...

O teu Batizado e Primeiro...

Promessa cumprida

6 meses depois

Primeiro dia berçario da ...

8 do 8 a partir daqui nun...

Aqui já se dorme fora de ...

Filhos

Por onde pousamos

Castelos antigos

Novembro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

blogs SAPO

subscrever feeds