Quarta-feira, 23 de Maio de 2007

3 semanas, Fábio tornou-se tudo tão claro, o amor por ti é único

A propósito, tenho de te dizer isto Fábio... Foi a hora mais longa da minha vida, ver-te sair de casa no teu ovinho nas mãos do teu Pai, chorei, chorei tanto filho, agarrei-me à tua fralda de pano, meti-me no teu quarto, olhei aquelas paredes tuas e chorei a tua breve mas longa demais ausência…

E apenas te posso pedir perdão meu filho por te ter deixado sozinho por uma hora na tua vida até hoje, e vou pedir a Deus um segundo todos os dias a mais nas 24 horas para te compensar a minha ausência nessa hora, não te deixei por falta de amor, não te deixei por indiferença, teve de ser AMOR, mas já passou, agora estamos juntos outra vez… para sempre… Nunca mais deixo que te levem meu Amor...

E nestas 3 semanas 3 vidas se transformaram, a minha a do Pai e a tua... No inicio não foi nada fácil, mas hoje estamos os três mais confiantes em nós, somos finalmente uma familia...

Quando nasces-te e o teu choro rompeu o silêncio daquela sala cizenta e fria, chorei, chorei contigo, soluçei de alegria, e pedi exaustivamente, repetidamente "deixem-me sentir o meu filho!", mas não foi logo, tive de esperar por ti, enquanto choravas tanto e eu chorava também, nem sei bem se chorava, se sorria o sorriso mais bonito do mundo com lágrimas de tanta alegria e alivio, sim alivio, tinha terminado o sofrimento de dois dias que ficaram para trás na memória...

Finalmente apenas o teu rosto é encostado ao meu, e como se fosse magia, e isto é verdade, paras-te de chorar, enchi-te de beijos e cheirei o teu cheiro, tão bom , ainda o tenho no meu nariz, apenas dizia "filho, filho, filho" como se me tivesse a habituar ao meu novo estado... MÃE...

Entretanto 3 semanas passaram... Cresces, e nós crescemos contigo, mas em amor...

Estamos mais confiantes em relação a ti, sabemos que sabemos olhar por ti, e eu já começo a saber o que cada choro teu me quer pedir!

Para ti Mãe, que contra tudo e contra todos, serás SEMPRE, SEMPRE E SEMPRE a primeira em tudo, desculpa se uma vez isso não dependeu de mim e por isso mesmo não o foste... Apenas te posso pedir desculpa Mãe, e no meu coração isso também é uma facada viva, acredita! Mas nós ainda vamos ser MUUUUUITO recompensadas..

ADORO-TE AVÓ FAMPARA!!!!!

Pela mamã Katya às 16:05
link do post | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Fábio & Beatriz

pesquisar

 

Castelos recentes

Mãe de menino

Eternamente meu...

O dia antes do nascimento...

O teu Batizado e Primeiro...

Promessa cumprida

6 meses depois

Primeiro dia berçario da ...

8 do 8 a partir daqui nun...

Aqui já se dorme fora de ...

Filhos

Por onde pousamos

Castelos antigos

Novembro 2014

Junho 2013

Maio 2013

Março 2013

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Março 2006

blogs SAPO

subscrever feeds